quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Bar frequentado por Amy Winehouse em Camdem quer abrir filial no Caribe


Se Amy Winehouse não vai a montanha, pode ser que ela vá até a cantora. Após o anúncio de que Amy pode não voltar mais para Londres, os donos do bar que ela frequenta em Camdem começaram a procurar um espaço para abrir uma filial do The Hawley Arms na ilha de Santa Lucia, no Caribe. Coincidência ou não, eles pensam, na verdade, em abrir um clube que sediará o bar e terá quartos de hotel e um estúdio de gravação. Se isso acontecer, a paz em que a cantora está vivendo pode ser afetada (na foto, a cantora mostra estar bem à vontade em um passeio a cavalo).

"A equipe do The Hawley Arms quer transformar isso numa franquia. Em Londres, o bar é conhecido por receber grandes estrelas do rock. Agora, eles querem expandir para além-mar, e vão atrair os roqueiros", disse uma fonte ao "The Sun".

Bandas como Razorlight, The Kooks e Babyshambles e artistas como Kate Moss, Sadie Frost e Noel Fielding são frequentadores assíduos do The Hawley Arms. Em Camdem, o bar fica a alguns passos da casa de Amy Winehouse, para onde ela não deve mais voltar. De acordo com o tablóide britânico, a cantora já teria adquirido uma nova residência em Londres, para quando decidir voltar para sua terra natal. Sua antiga casa foi arrombada em janeiro, durante a estada de Amy no Caribe.

2 comentários:

Douglas Russano Romeu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Douglas Russano Romeu disse...

Pocoo que a amy nao frequenta o bar *-*